Busca no Blog ou na Web

20 de nov de 2009

A Teoria da Diversão.

Todos nós já estamos cansados de saber que a destinação dos resíduos sólidos e a economia de energia estão entre os mais importantes desafios da humanidade para este início de milênio. Inúmeras são as campanhas ecológicas que circulam pelo planeta, alertando a população sobre o acúmulo de lixo descartado e sobre a importância de utilizarmos racionalmente nossos recursos energéticos.

No entanto, a despeito de todas essas iniciativas, uma questão fundamental parece prosseguir insolúvel: por que é tão difícil fazer com que as pessoas mudem efetivamente o seu comportamento?

Segundo muitos especialistas, o equívoco talvez esteja na maneira como essa “mudança de comportamento” vem sendo estimulada. Afinal, quando 800 quilos de sacolas plásticas – encontrados no estômago de uma baleia morta – já não são capazes de nos sensibilizar, é porque devemos, urgentemente, mudar a nossa abordagem prática do problema.

Mas qual seria a maneira mais adequada de conscientizar as pessoas? Segundo a Teoria da Diversão – criada por publicitários da Suécia – a melhor maneira de mudarmos os hábitos da população é, simplesmente, fazendo com que o “comportamento ecológico” se torne divertido!

E para provar essa teoria, foram criados três experimentos muito criativos. Portanto, assista aos vídeos abaixo, e constate você mesmo se, como diziam os Titãs, “diversão é solução sim”!

Pense como esta teoria pode ser aplicada em sua cidade, pois ela é uma ótima alternativa para melhorar a dimensão ASPECTOS AMBIENTAIS do Estudo da Competitividade do seu destino.

Experimento 1: Lixeira sem fundo!

Mesmo cientes de que não se deve jogar o lixo no chão, algumas pessoas costumam jogá-lo diretamente no ambiente em que vivem. E para lembrar a todos que o lixo deve ser colocado dentro da lixeira, este experimento inovou profundamente na maneira de educar os habitantes de Estocolmo.



Em apenas um dia 72 Kgs de lixo foram recolhidos,
41 Kgs a mais que um dia normal.
Experimento 2: Posto de coleta em forma de fliperama!
Muitas vezes, os postos de coletas para a reciclagem ficam vazios, e sempre arrumamos desculpas para adiar a entrega do lixo. Mas quando a caixa de coleta se transforma em uma luminosa máquina de fliperama, as coisas mudam de figura! Em apenas uma tarde, mais de 100 pessoas depositaram seus lixos na máquina, enquanto que, no mesmo bairro, uma outra caixa normal obteve somente duas visitas!


Experimento 3: Um piano de escada!
Este experimento foi feito em um metrô de Estocolmo. Enquanto desciam as escadarias, as pessoas começavam a ouvir sons de piano executados pelo ritmo dos seus passos. Cá entre nós: quem trocaria a poesia de um desses emocionantes concertos urbanos por uma fria e burocrática escada rolante!





Ao final do dia verificou-se que 66% das pessoas subiram de escada.