Busca no Blog ou na Web

14 de dez de 2009

O Brasil na vanguarda da sustentabilidade

Como sabemos, a busca pela sustentabilidade nos negócios e nos processos produtivos, assim como a luta pela utilização crescente de energias renováveis, estão entre os maiores desafios da humanidade para o século 21.

Por isso, esta semana que se inicia será muito importante para todos os 193 países que estarão presentes na cidade de Copenhagen, na Dinamarca, com o objetivo de discutir e propor ações de combate ao aquecimento global.

Nesse contexto, podemos dizer que o Brasil, hoje, é um país com muito mais consciência acerca da importância de fomentar a utilização sustentável de seus recursos naturais. E um bom exemplo disso é o Estudo de Competitividade, desenvolvido pelo Ministério do Turismo e pelo SEBRAE, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, no intuito de analisar a evolução da atividade turística nos 65 Destinos Indutores.

E para isso, o Estudo leva em consideração o aprimoramento dos destinos em relação a cinco grandes dimensões avaliáveis: “Infra-Estrutura”, “Turismo”, “Políticas Públicas”, “Economia” – e, é claro, “Sustentabilidade”, uma dimensão inovadora, nunca antes trabalhada no turismo de forma séria e sistemática.

Assim, ao inserir no Estudo a macrodimensão Sustentabilidade – que inclui o monitoramento dos aspectos sociais, ambientais e culturais de cada destino –, o Ministério do Turismo se posicionou na vanguarda de todo este importante processo de conscientização mundial acerca da preservação do meio ambiente.

Afinal, considerar a Sustentabilidade na avaliação dos 65 Destinos Indutores significa termos a certeza de que as capitais e os municípios estão fazendo a sua parte para a preservação da natureza e para o desenvolvimento de um turismo competitivo em harmonia com o Planeta.

Saiba mais sobre o Estudo de Competitividade neste blog!

Fonte: Instituto Marca Brasil

3 comentários:

  1. Muito Bom!

    O Brasil vai se destacar mais ainda!!!

    Sucesso,

    O.

    ResponderExcluir
  2. Olá a todos os blogueiros de plantão!
    Primeiro parabenizo pelo conteúdo e facilidades desta ferramenta de comunicação. Já salvei em meus "favoritos".

    Quanto a temática abordada, acredito que o nosso país ainda necessita de grandes investimentos públicos e privados em favor da sustentabilidade, seja em qual área for. Específicamente no turismo esta é uma questão sensível, pois exemplos são muitos de destinos que se utilizam dos recursos ambientais como atração turística, porém sem qualquer preocupação na salvaguarda dos ecossistemas e dos recursos existentes. Infelizmente, nem mesmos algumas áreas de proteção ambiental incluidas no SNUC estão livres de alterações e impactos provocados pelo fluxo turístico.
    Espera-se, uma postura mais comprometida dos órgãos de fiscalização, controle e execução, assim como da própria sociedade, em proteger o rico patrimônio natural brasileiro.
    Antonio Rafael-PB
    turis.rafael@gmail.com

    ResponderExcluir