Busca no Blog ou na Web

11 de mar de 2010

Um hotel portátil para aeroportos!

















Às vésperas de se tornar o centro das atenções mundiais – em virtude da realização da Copa do Mundo, em 2014, e das Olímpiadas, em 1016 –, o Brasil deve estar atento na busca por soluções inovadoras para os principais problemas relacionados à sua atividade turística. Afinal, de acordo com a Embratur, aproximadamente 11 milhões de visitantes estarão desembarcando em nosso território nos próximos anos, o que enseja, sobretudo, uma insegurança contundente em relação à capacidade estrutural dos aeroportos brasileiros.

Nesse sentido, uma das questões que mais preocupam é o excessivo e desconfortável tempo de espera que os viajantes – quase sempre cansados e impacientes – são obrigados a despender durante as conexões ou mesmo em função de eventuais atrasos nas partidas. Assim, para amenizar esse transtorno, muitos aeroportos do mundo passaram a incluir ofertas diferenciadas em seus serviços, tais como cinema grátis, piscina com água quente, salão de massagem, e até mesmo campos de golfe – pois, além de agradar aos clientes, tais iniciativas representam um lucro extra para os terminais.

No entanto, entre todos esses serviços, o que vem causando um maior impacto no setor é o chamado Sleep Box, ou "caixa de dormir" – um projeto que pretende revolucionar o tempo ocioso dos passageiros, e que já está sendo utilizado em diversos lugares do mundo.

Desenvolvido pelos arquitetos russos Alexey Goryainov e Mikhail Krymov, o Sleep Box funciona como uma espécie de "hotel individual temporário", projetado para aeroportos, rodoviárias, estações de trem, ou qualquer outro local público onde possa haver aglomerações de pessoas em trânsito.

Em síntese, o Sleep Box consiste em uma caixa com apenas 3,75 m², onde o viajante pode – de forma higiênica e segura – desfrutar de um tranquilo momento de repouso, sem ter que transformar as cadeiras do aeroporto em camas improvisadas. Podendo ser alugado por 15 minutos ou mesmo por várias horas, o Sleep Box conta com um mecanismo de ventilação, tomadas elétricas, alertas sonoros, televisão de plasma, Wi-Fi, e uma plataforma para notebook, além, é claro, de um confortável leito equipado com sistema de mudança de lençóis, sob o qual encontra-se, ainda, um compartimento especial para as bagagens.

Segundo os especialistas, ideias inovadoras como a do Sleep Box são importantes por um simples motivo: porque trazem benefícios para todos – de um lado, ganham os passageiros, que deixam de sofrer o incômodo da espera em aeroportos lotados; e, de outro, ganham os aeroportos, um vez que passageiros relaxados tendem a consumir mais nas estações, além de passarem a optar por conexões em terminais mais confortáveis, aumentando, assim, o fluxo nos locais onde há a oferta diferenciada de serviços.





Saiba mais sobre o Sleep Box: www.arch-group.org.

3 comentários:

  1. Muito boa essa idéia e seria muito bom se pudéssemos ter algo semelhante nos aeroportos brasileiros. Já está na hora de inovarmos nos nossos aeroportos. Andreia

    ResponderExcluir
  2. Genial a ideia do sleep box. O Brasil poderia adotar essa ideia. Parabéns pelo blog que sempre trás notícias interessantes para seus seguidores. Abs, Samara.

    ResponderExcluir
  3. Idéia realmente inovadora, que iria contribuir bastante para o conforto dos nossos turistas. Seria importante principalmente nos grandes aeroportos do Brasil e naqueles voos que tem uma conexão com mais de 4 horas de espera.

    Abs, Alessandra Lontra - Coordenadora GG João Pessoa-PB e Representante do Nordeste.

    ResponderExcluir