Busca no Blog ou na Web

14 de jan de 2010

A nova sensação das águas catarinenses!






Centenas de turistas visitam o balneário Camboriú para se divertir com os brinquedos do Acqualândia, o primeiro parque aquático inflável do Brasil.

Dono da maior reserva de água doce do planeta, e com um litoral que se estende por mais de sete mil quilômetros, o Brasil é um país privilegiado no que diz respeito à quantidade e à qualidade de suas águas. Dessa forma, nada mais natural, sob o ponto de vista turístico, do que lançarmos mão de todo este rico manancial, desenvolvendo ofertas cada vez mais criativas e ecologicamente sustentáveis.

Nesse sentido, um espetacular exemplo de inovação no turismo aquático é o Parque Acqualândia, em Santa Catarina: o primeiro parque inflável do Brasil e o maior da América Latina. Inaugurado no dia 12 de dezembro, na praia central do Balneário Camboriú , o empreendimento rapidamente chamou a atenção dos turistas, tornando-se um fenômeno comercial que promete incrementar consideravelmente a economia do litoral catarinense.

Fabricado por uma empresa alemã, e com capacidade para atender a 150 pessoas simultaneamente, o complexo Acqualândia – instalado em uma área de 250 metros quadrados dentro do mar – constitui-se num vasto conjunto de brinquedos infláveis de alta resitência, fixados na água por meio de bóias de segurança. Sucesso absoluto em mais de 50 países, a estrutura do parque oferece opções de diversão para todas as idades (desde crianças até idosos), variando de acordo com o grau de dificuldade de cada atrativo.

Em virtude disso, inclusive, a garantia de segurança na utlilização dos brinquedos foi uma das preocupações centrais dos idealizadores do projeto. Além de receber um parecer da Marinha – afirmando que todos os equipamentos estão dentro das normas, e que a área ocupada não interfere nas demais atividades esportivas e recreativas da praia – a direção do parque resolveu ainda contratar uma equipe qualificada de monitores, treinados especialmente para orientar os turistas durante as atividades na água.

E atividades na água é o que não falta no Acqualândia! Entre as principais, por exemplo, destacam-se o Orbits, um grande trampolim circular com sete metros de diâmetro; as Catapultas, nas quais o turista é impulsionado no ar por duas outras pessoas na extremidade oposta; os Icebergs, que são paredes para deslizamento com até cinco metros de altura; e Saturno, o primeiro planeta inflável que, ao girar, nos dá a sensação de flutuar no espaço.

Ademais, o parque oferece a prática de esportes náuticos, e uma área especialmente destinada às crianças (com cavalinho, bóias, pula-pula, pedalinhos e também com todos os brinquedos para adultos, mas em menores proporções).

Isso tudo sem falar nas bóias gigantes ou individuais, nas quais o turista pode relaxar ouvindo música em um aparelho de som inflável!

Enfim: eis aqui mais um belo caso de inovação e criatividade no turismo brasileiro. E que esta iniciativa possa servir de exemplo aos nossos muitos destinos indutores cuja vocação natural é a água, no sentido de buscarem um constante processo de aprimoramento em seus atrativos, auxiliando, assim, no desenvolvimento pleno da atividade turística em suas respectivas regiões.






Saiba mais sobre o Parque Acqualândia:
www.acqualandia.com.br

Fonte: Jornal Brasilturis

4 comentários:

  1. Muito bacana ver exemplos de inovação, que conseguem se destacar tanto a custos não elevados!

    ResponderExcluir
  2. Cássio Falkembach15 de janeiro de 2010 09:24

    Parabéns, Bal. Camboriú está diversificando e inovando nos produtos.

    ResponderExcluir
  3. como sempre todo ano Balneário tem inovaçoes com uma cidade limpa, segura e com muita vida 24 hrs. parabéns pra essa maravilha do atlantico ....Rodrigo Vieira

    ResponderExcluir
  4. e muito lega tenho vontade de ir num paque aquatico desses deve ser divertido

    ResponderExcluir